s'inscrire / se connecter
Festival Trans Musicales

Trans Musicales: música sem fronteiras

 

De 03 a 07 de dezembro, o Trans Musicales de Rennes aquece o inverno bretão. Com cerca de 90 artistas oriundos de 30 países, a edição de 2014 se mostra eclética e exótica.  
 transmus

 

Um palco para os novos talentos

Nirvana, Daft Punk, Björk, Ben Harper... se tornaram conhecidos na França graças aos Trans. Há 36 anos, durante o inverno, a cidade de Rennes recebe o festival Trans nas salas do Étage, Aire Libre Ubu. Com o objetivo de revelar novos talentos, o festival explora as novas tendências e revela os novos ícones musicais.

 

O espírito do festival

Criado em 1979, o festival Trans é antes de tudo um encontro musical de artistas franceses e, a partir de 1982, também recebe artistas estrangeiros. Transpondo as fronteiras e dando visibilidade aos músicos, o festival confirma então sua especificidade: a dimensão transcultural. Recebendo a cada ano cerca de 5.500 estudantes estrangeiros, Rennes é uma cidade aberta a todas as influências do mundo. O festival se beneficia dessa tradição cosmopolita. Hoje, os artistas vêm de todos os continentes.

 

90 artistas, 30 países: alguns exemplos

Kate Tempest, revelação hip-hop da cena britânica, é rapper e poeta.

O grupo togolês Vaudou Game associa às harmonias dos ritos vodus, os ritmos soul e blues.

O trio brasileiro Metá Metá explora suas raízes yorubá, misturando jazz, afrobeat e samba.

Do lado francês, a música de Jeanne Added flerta com o jazz, o rock e os sons orientais. Também é esperado o quarteto Grand Blanc, com influência francesa dos anos 80.

Paralelo ao festival, são organizados encontros e debates sobre a cena cultural e seus protagonistas. O festival também se propõe a ser um espaço onde se cruzam olhares sobre o mundo.

 

 

> Bilheteria: lestrans.com

    Ingresso para os 3 dias de festival (4, 5 e 6 de dezembro de 2014): 66 €