s'inscrire / se connecter

Sites pays et partenaires

Membres :
0 200 500 1000 2000 5000 10000+
Atualidade
Vista 25 vezes
10 novembro 2016

Qwant, ferramenta de busca francesa

Uma ferramenta de busca que protege o usuário

Engenheiro de formação, Éric Léandri trabalhou na área de segurança da informação antes de criar a Qwant em 2011, juntamente com Jean-Manuel Rozan e Patrick Constant. O objetivo deles: criar uma ferramenta de busca segura, e não controladora. “As pessoas frequentemente confundem as duas noções, esclarece Éric Léandri. Controlar significa fazer com que as pessoas encontrem o que queremos. A segurança é cuidar das pessoas, ser responsável e considerar que elas também o são.


Lançada em fevereiro de 2013, a Qwant protege os usuários não coletando nenhum dado pessoal. Ela não deixa traços das buscas na Web. Uma oferta diametralmente oposta às práticas das gigantes americanas: “Nós não nos interessamos pela sua identidade, pela sua orientação sexual ou ainda pela sua religião, explica Éric Léandri, que milita por uma Web neutra e aberta. A nossa única preocupação é oferecer um serviço de pesquisa eficaz”.

Nessa mesma linha, a Qwant lançou no fim de 2015 a Qwant Júnior, uma ferramenta de busca que permite às crianças navegar pela Internet sem serem expostas a conteúdos adulto, violentos ou comerciais.

 

 

Uma oferta acessível em 25 países e 16 línguas

 Os valores da Qwant seduzem. Em 2013, a aplicação contava com um milhão de visitantes únicos por mês. Três anos mais tarde, em julho de 2016, este número era de 25 milhões. O aumento é espetacular, embora longe de um bilhão de visitantes únicos mensais registrados em 2011 pela ferramenta de busca americana Google.


A França continua sendo o principal mercado da Qwant, mas a startup tem seus olhos voltados para o internacional: a ferramenta de busca está hoje disponível em 25 países e 16 línguas. Em 2014, no dia do lançamento da versão alemã, a Qwant era o assunto número dois das buscas Google na Alemanha. “O número um era imbatível: era uma partida de futebol da equipe nacional que ocorria na mesma noite! ”, brinca Éric Léandri.

A chave desse sucesso? “Até aqui, os europeus tentavam concorrer com o Google propondo a mesma coisa, com menos meios. Com a Qwant, nós abrimos uma outra via”.

 

Uma visão global que inclui as especificidades regionais

Para o seu desenvolvimento internacional, a Qwant aposta em uma análise inteligente de contextos locais e regionais. “Nossa abordagem contextual nasce desta lógica, especifica Éric Léandri. Um morador do Nordeste brasileiro não lê o mesmo jornal que um residente em São Paulo. Por que proporíamos aos dois os mesmos resultados de pesquisa? ”.


“No Senegal, igualmente, não faz sentido que os sites franceses apareçam em primeiro lugar nos resultados de pesquisa, continua ele, mesmo se a língua é a mesma. Para fornecer às pessoas respostas pertinentes localmente, seria preciso privilegiar mais os sites senegaleses”. Esta estratégia passa também pela consideração de particularidades linguísticas. A Qwant está a partir de agora disponível em diversas línguas regionais como o corsa e o catalão.

 

 

Uma startup multicultural em pleno desenvolvimento

Para crescer, a Qwant possui colaboradores do mundo todo. “Precisamos dominar a língua e o contexto – notadamente cultural – de cada país indexado pela nossa ferramenta de busca, explica Éric Léandri. É a chave para fornecer respostas que façam sentido”. A empresa está, portanto, constantemente em busca de novos perfis poliglotas e multiculturais.

Apesar do crescimento rápido, a Qwant conserva seu espírito de “startup”. Em seus escritórios de Paris e de Nice reina uma atmosfera quase californiana. “Somos uma das raras empresas a propor aos seus desenvolvedores coisas tão apaixonantes quanto nos grandes grupos americanos, como do “machine learning” ou do “blockchain”, mas com a energia e o dinamismo de uma startup”, conclui Éric Léandri.

Atualmente, a Qwant amplia seus projetos. Em Junho de 2016, a sociedade inaugurou a Qwant Music, uma ferramenta de busca dedicada à música. Próxima parada: o lançamento da Qwant Culture, em colaboração com prestigiosas instituições como o Festival de Avignon, o Festival Internacional de Arte Lírica de Aix-en-Provence e o festival de música de Chambord. Uma aventura a ser acompanhada, na França e em todo o mundo.

Photos © François Rouzioux/Animal pensant

Documentos


Vous devez être connecté pour laisser un commentaire.